Como perdi R$237,45 no mercado de ações

 

Conhecer os mistérios que rodeia nossos pensamentos e ações, pode te ajudar a tomar sábias decisões durante a vida, porem esteja preparado para falhar. Vou contar aqui um experiencia onde perdi um R$ 237,45 operando no mercado de mini índices da BOVESPA e todo aprendizado que tirei com tudo isso.

Só para deixar claro não sou nenhum especialista em mercado, eu apenas tive uma experiencia de uns 3 meses com isso.

Motivado por um amigo que estava buscando formas de renda durante a faculdade, acabei caindo no famoso mercado de ações. Para quem acha que o mercado de ações é só para peixe grande, gente que tem muita grana, você esta certo e errado.

Errado porque existe um mercado chamado de mini índices onde você pode começar a operar com apenas R$ 90,00 (era esse o valor mínimo pelo menos em janeiro de 2016) e certo porque, na minha opinião e o que vou dizer um pouco neste texto, o mercado de ações é um investimento de alto risco e investimento de alto risco não é bom você entrar com grande parte do seu capital.

Fiquei namorando entrar nesse negocio por bastante tempo, tem muitos canais de conteúdos muito bons sobre isso pela internet, explicações das mais básicas até de técnicas bem “avançadinhas” de análise técnica, mas nada muito difícil de entender.

Explicando melhor as regras do jogo.

O que eu fazia se chamava Day Trade, a cada minuto o valor especulativo de uma ação pode subir ou descer e tem uma grande rede de profissionais que aproveitam dessas variações durante o dia para poder gerar uma renda, os famosos Traders. 

A primeira coisa é abrir uma conta na corretora, só com ela que você vai conseguir entrar no jogo. O mercado para Day Trade começa ás 9:00h e termina ás 18:00h de segunda a sexta, e como é de se esperar tem algumas taxas a se pagar. Quando se vai operar naquele dia você já começa pagando R$ 2,50 mais uma taxa de corretagem de R$1,00 por compra ou venda do mini índice, todos esses valores são de acordo a janeiro de 2016.

A BOVESPA é medida a partir de um índice, esse índice é um indicador do desempenho médio das cotações das ações na Bolsa de Valores. Existem contratos que especulam esse valor do índice da BOVESPA e os mini contratos (ou mini índices) tem um valor de R$ 0,20 por ponto que varia.

Um exemplo para descomplicar a vida, vamos supor que você compra um mini contrato quando o índice BOVESPA está em 76.600 pts , houve uma subida e logo depois você vende quando o índice chegou a 76.800 pts. Caso seja o único trade que você realizou naquele dia, você sai lucrando R$ 35,50.

76.800 pts – 76.600 pts = 200 pts

200 pts x R$ 0,20 – R$2,50 – R$ 1,00 (pela compra) – R$ 1,00 (pela venda) =R$ 35,50

Esse exemplo que eu dei é um ganho quando o índice está subindo, porem você também consegue lucrar quando o índice estiver descendo ,ou seja desvalorizando, éhh louco neh? Para entender melhor isso sugiro vocês pesquisarem sobre venda a descoberto, é esse o nome que se da para essa pratica financeira que te faz lucrar na queda de uma ação.

Bom, sabendo desse básico você agora deve aprender um pouco sobre analise técnica, para saber os momentos certeiros de compra e venda para conseguir sair no lucro. Existem infinidades de técnicas, criadas por vários especialista do mercado de ações, na sua grande parte maioria delas funcionam, o que não funcionou, no meu caso pelo menos, foi minha cabeça para saber lidar com isso.

Mentalidade forte e resiliente

Existem praticas bem simples para saber o momento certo para compra ou venda de uma ação, uma delas é quando o valor rompe o topo ou fundo anterior, talvez em um outro texto posso explicar melhor algumas técnicas básicas de analise.

ENTÃO A REGRA ERA CLARA! Quando o preço ultrapassa-se o valor anterior eu comprava , chegava em um ganho bom eu vendia. Rompia o fundo anterior eu vendia a descoberto, chegava em um ganho bom eu comprava. PRONTO! SIMPLES!

Qual foi o meu maior problema com isso? MINHA MENTALIDADE. Uma coisa que ouvi muito de todos os guros de mercado financeiro era que: uma técnica boa você consegue lucrar em apenas 20% das suas tentativas. Meio baixo neh? Então nesses 20% você tem que lucrar o suficiente para ter uma renda e pagar os 80% das vezes que você errou.

EHHH RAPAZIN, um dos grandes problemas que vejo é você saber lidar com esses 80% . Comecei com R$ 1000,00, em um único dia que eu entrasse 3 vezes no mercado e saísse no zero a zero, só de taxa já perderia R$ 8,50, só aí perdia quase 1% do capital que eu investi, que por sinal era tudo que eu tinha no banco.

Isso não me dava nenhuma folga para errar, se em uma entrada errada eu perdia na faixa de R$20 a R$10, logo eu tava zerado sem nunca ter visto a cor do dinheiro.

A unica coisa que passava na minha cabeça é que o dinheiro que demorei tanto tempo para juntar tava esvaindo da minha mão, e aquilo só me trazia mais ansiedade de tentar pagar meus prejuízos, fazendo com que tomasse decisões precipitadas e erradas.

Na verdade não me lembro o dia que eu fiz day trade que minhas mãos não estavam tremendo de nervoso.

Entender a sua mente te ajuda a tomar decisões claras

Temos que entender como nossa mente funciona e quais são os limiares para não tomar decisões precitadas.

Vamos supor que se num dia normal que eu fizesse 3 atos de compra e venda e saísse no prejuízo, eu perderia apenas 5 centavos, talvez eu não ficaria todo preocupado em perder essa quantia e tomaria com mais pudor as decisões para entrar no mercado. Afinal muitas vezes não damos valor para uma moeda de 5 centavos que recebemos em troco de supermercado.

Sacou a diferença? Quando eu estou em uma zona confortável na minha cabeça, ou seja aceitar que eu posso perder 5 centavos, eu tenho tranquilidade para poder fazer a decisão certa naquela operação. Falando em outras palavras: Perder 5 centavos não vai fazer diferença nenhuma na minha vida, agora perder 10 reais é diferente, aí doí o coração e principalmente o bolso.

Quando você entra com um margem pequena do seu capital, existe um certo alivio e uma despreocupação de estar sempre correndo atras do prejuízo. Assim você acaba tento mais clareza e pode seguir com firmeza sua estrategia.

Percebi que isso funciona não só no mercado de ações mas também em momentos da nossa vida, normalmente não tomamos decisões boas enquanto estamos ansiosos, com raiva ou triste. Talvez o aconselhável é esperar essa onda sentimental acabar, para ai sim tomar um decisão clara e concisa.

No final dessa historia eu sai perdendo a quantia de R$237,45. Mas foram R$237,45 de grande aprendizado, principalmente tive uma atenção maior em saber lidar com minha mente e as escolhas que faço, logico que estamos em constante aprendizado durante a vida, mas passar por isso me vendo em pleno desespero e ansiedade fez com que eu conhecesse um pouco meus limites e traçar com mais clareza minhas metas de melhoria emocional.

Não estou querendo desmotivar ninguém de entrar no day trade, a unica coisa que aconselho (não só para o mercado de ações mas para outras decisões também) é entender qual é sua zona de conforto para poder tomar uma decisão que você realmente acredite funcionar.

 

 

Texto por Yago Barbosa

Deixe um comentário!!!