Já viu um avião que decola verticalmente?

 

A Vertical Aerospace é uma startup britânica que construiu e voou uma aeronave de decolagem e aterrissagem vertical totalmente elétrica (eVTOL). Mesmo parecendo ser uma inovação extraordinária, isso não os glorifica já que há um excesso de híbridos de helicóptero-drone sendo testados em todo o mundo. O que torna a inovação diferente é a abordagem mais realista da empresa para a utilidade dos chamados “carros voadores”.

O avião de demonstração sem piloto pesa 750 kg e sobrevoou o Aeroporto de Cotswold em Gloucestershire em abril desse ano, fazendo os testes para ajustar todas as funções. Você pensa que eles vão parar por ai? A ideia ainda é criar um serviço de “táxi aéreo” e já tem até data,2022. Porém os voos serão feitos com pilotos, ao invés de sem, para cumprir com alguns regulamentos da aviação.

O mais interessante é que o dono da Vertical também é proprietário de uma equipe de fórmula 1 (uma das inspirações para a criação dos carros voadores), e de uma empresa de fornecimento de energia, haja empresa hein!!! Conseguimos ver que Fitzpatrick é realmente inovador e tá sempre tentando mudar o mundo, tanto que um dos motivos era diminuir a poluição e os congestionamentos das cidades, começando pela Inglaterra.

Outros aspirantes a carros voadores estão trabalhando para lançar aeronaves autônomas no início da próxima década. Esses concorrentes vão de companhias gigantes como Airbus e Uber, e também startups bem financiadas como a Volocopter, que está testando drones que se parecem com um pequeno helicóptero movido por 18 rotores, e a Kitty Hawk, uma delas criada pelo Larry Page.

 

Foto por: Vertical Aerospace

Foto por: Vertical Aerospace

 

 

Texto escrito por João Lucas Berlinck

Deixe um comentário!!!