Você é um Infinito de Origamis!

 

 

O que eu tenho a dizer nesse artigo para você é a outra visão que carrego referente ao Origami que eu pratico desde aos meus 3 a 4 anos de idade.

Origami não é um simples “Arte de Dobraduras de Papel”, ele também carrega filosofia de vida. E, nesse caso, cada um de nós é um papel de origami. (Guarde bem isso, você é um papel de origami! Kkkk… XD)

 

 

A cada passo a passo, você trabalha firmemente a sua dobradura com o máximo de concentração, dedicação e esforço, assim se tornando um origami, por exemplo, um tsuru (grou). Isso representa o trajeto da sua vida do quanto você trabalhou, do quanto você estudou e do quanto você dedicou a si mesmo para se tornar uma pessoa que você é atualmente ou que você tem como objetivo (mokuhyo).

 

 

 

Quando você trabalha passo a passo, tornando um pedaço de origami, juntando todos os pedaços para se tornar um só como um kusudama, por exemplo. Isso é equivalente ao trabalho em equipe, cada pessoa que trabalhou juntamente com você, torna um projeto mais belo e bem trabalhado.

 

 

Quando você é um yuri (lírio) e junta com outros com cores iguais e/ou diferentes, conseguimos formar um hanabata (buquê de flores), representando a família e/ou amigos.

 

 

Na final, a cada origami trabalhada no mesmo papel de origami, você fica com mais marcas aparentes e com dobras aparentes, isso não é seu defeito que possa aparentar “feiura” na beleza final de um origami, isso representa seu esforço, sua dedicação, seus erros aprendidos e seus sucessos adquiridos.

 

 

Então, faça seu “papel” no que você desejar, no que você quer conquistar e no que você quer ser MAIS do que você é!

Busque sempre suas novas formas, você não é um simples tsuru somente, você pode ser qualquer coisa que você DESEJA, ADMIRA e AMA!

 

 

Texto por Hitoshi Yamamoto

Deixe um comentário!!!